terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Biobijús e passo-a-passo!

Olá,

Finalmente vim revelar por aqui em meu diário o que gosto de fazer nas horas vagas: criações!!! Fazer minha criatividade fluir.Então,primeiro começo com que mais gosto de fazer,Bijus,e quanto mais diferentes melhor...
Há algum tempo atrás escrevi um tutorial de biobijus para o blog do Projeto Brasilis (meu projeto) sobre o assunto veja aqui,que foi um projeto criado para exercer ainda mais a minha imaginação junto com uma comunidade inteira.Então vamos ao post???

Esse foi um dos nossos primeiros posts sobre a confecção de biojoias,que é uma das principais atividades do Brasilis.
Para começar vamos dizer o siginificado da palavra Biojoias que é,bijus da natureza que vem justamente de bio que significa vida,então vamos usar algo vivo em nós,que simboliza fertilidade e crescimento: as sementes.

Nosso principal forte é a fabricação de bijus naturais em comunidades carentes dos sertões cearenses,bijus que carregam a história e identidade dos povos do norte do Brasil,dos índios e ribeirinhos da Amazônia,buscando divulgar sua cultura.

As nossas Biojoias trazem pontos de macramé,uma espécie de nós,que seguram e arrematam sementes de açaí,tucumã,escamas,madeira e etc,unidas em fios encerrados.Nos destacamos na arte de fazer colares(conjuntos),brincos e pulseiras,como esses:




Para impulssionar ainda mais a tecnica vamos dá um passo-a-passo desse brinco logo abaixo,que é a base para produzir a maioria deles,tirando claro os brincos de madeira e escamas que necessitam de elos e alicates p/bijuterias convencionais.






Então vamos lá:

Você precisa:
-Linha encerada;
-Açaís;
-2 sementes de jupati(ou sementes maiores);
-Ganchos p/brincos;

1)Comece cortando 30 centímetros de fio encerado,você deve ter 6 pedaços de 30cm cada.

2)Dobre 3 fios ao meio(iguais) e os prenda em um gancho e dê um nó simples,lembrando que os 3 pedaços devem ficar iguais nas pontas,como na imagem abaixo,a terceira figura é mais adequada;

3)Após o nó coloque a semente de jupati ou uma maior e faça outro nó igual ao primeiro para prendê-la.

4)Dê um espaço e no meio do fio que restou coloque os açaís,2 em cada perna de linha mas fica a seu gosto e em cada perna faça dois nós,um sobre o outro para não soltar (o mesmo nó sempre) e assim termina sua biobijú.


Feliz 2011!!!!!


Emanuelly Oliveira

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Intercâmbio: Um visitante catarinense em meu projeto!

Intercâmbio: Um visitante Catarinense no Brasilis!

Uma verdadeira festa foi preparada para a recepção de Gilliard Freitas de Florianópolis-SC na sede do Brasilis em Quixadá-CE.
Toda a recepção foi organizada pelos membros do Brasilis em parceria com toda a comunidade.Pela primeira vez uma recepção torna-se uma verdadeira festa com a presença de todos os agentes do projeto.O grupo de danças folclóricas do Brasilis,mirim e juvenil,apresentou danças típicas do Ceará para nosso visitante catarinense,que amou apresentação e figurino das meninas da comunidade lideradas pelo nosso coordenador de arte Eílton.
Grupo de dança infantil Brasilis

Grupo de dança juvenil Brasilis
Ainda houve uma pequena confratenização entre pais,mães e mulheres que trabalham conosco e uma grande contribuíção de Ir.Valdênia facilitadora e coordenadora religiona e humana do projeto.



O jantar contou com pratos típicos nordestinos como a paçoca,bolos de milho e baião de dois...
"Nunca pensei encontrar um trabalho comunitário onde a comunidade realmente participa e se insere,como eu vejo no Projeto Brasilis",diz Gilliard Freitas,intercâmbista do Programa Geração Muda Mundo da Ashoka Brasil.


Gilliard Freitas de Florianópolis,intercâmbistas

Esse foi o resultado visto por nós que o intercãmbio GMM nos possibilitou,uma verdadeira festa que fez a comunidade reviver e renovar os ânimos.
Agradecemos a todos que contribuíram para esse grande encontro,principalmente a Ashoka Brasil através de sua área de juventude,ao Grupo Manual da Inteligência de Florianópolis,a Gilliard Costa,toda equipe Brasilis Tânia Torres,Eílton e Manoel e toda a comunidade envolvida.

Crianças do Brasilis
Bjokas e boa semana a todos!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Santa Catarina: O Intercâmbio Part 1

Santa e bela Catarina seria melhor se fosse mais perto do Ceará,não acham??
Vou contar o que sofre um nordestino para ir para o sul...a viagem é quase um martírio! São horas e horas de espera nos aeroportos,principalmente quando se perde um avião por conta da própria companhia e ai é um pesadelo a viagem.Porém,o que se vê quando chega é maravilhoso,campos verdinhos,vales,rios e pouquinho de chuva,pouquinho?? Não,né? Eu estava no sul...o sol eu nem vi,rsrsrs!
Para o intercâmbio GMM eu saí de Fortaleza e fui até Florianópolis para conhecer projetos sociais,contribuir para com eles e doar um pouco da minha experiência adquirida em anos de Geração Muda Mundo e Ashoka.
Conheci um grupo jovem cheio de idéias na cadeça e muita indecisão e pouco foco.Então,para começar fomos buscar o foco para tudo,encontrar um consenso da equipe,fechar a mesma e elaborar passos e metas a serem cumpridas por todos.Foi uma festa nos encontros com direito a pic-nic nas praças de Floripa entre os intervalos,rsrs!Para aproveitar fui até Blumenau e Pomerode onde conheci muitos lugares e claro fechar algumas parcerias ;)
O conhecimento adquirido com todo esse processo(intercâmbio) foi de muito conhecimento e paciência (claro).Saber esperar,aprender a sacrificar algumas coisas,focalizar no objetivo que quer,vencer o cansaço e tudo dará certo no final.
O resultado foi 2 futuras parcerias com o Brasilis e uma equipe catarinense consolidada e focalizada,com metas e ações já definidas para este finalzinho de ano e para 2011...Nós vimos um novo ano de muitas transformações e inovações em ambas as regiões e um futuro muito promissor para todos,afinal coragem os intercâmbistas mostraram muitoooooooooo.
Para informações mais técnicas acesse o blog do Brasilis aqui

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Intercâmbio GMM = Eu vou!

Estou na preparação para uma super viagem ao sul do país,especificamente Santa Catarina,onde já estive 2 vezes.Dessa vez,é super especial por causa do intercâmbio GMM no qual fui sorteada para também receber um jovem catarinense aqui nas terras cearenses( ele vai morrer nesse calorão aqui,rs) e conhecer o meu projeto: O Projeto Brasilis.
Nesses 06 dias de estadia em terras catarinenses pretendo fazer várias coisinhas legais e claro,tentar trazer muitas novidades e novos conceitos para o Ceará.Serão dias intensos com direito a idas e vindas a sobe e desce,mas será muito frutífero.
Pretendo visitar a comunidade Coripós em Blumenau onde foi realizado o oásis e conhecer o Sr.Fidêncio,super ativo na região,e constatar o poder transformador da solidariedade na vida das pessoas.Além,disso vou passar pela cidade mais alemã do país,Pomerode e me reunir com uma turma que manda super bem na cultura por lá e que trabalhei com eles na Campanha Brasilidades de 2010.
Pomerode-SC

Além do grupo manual da inteligência e Revista Imaginação de Floripa estará sempre a mim acompanhar durante esses dias,afinal é por eles que estou indo.Claro,que farei paradas estratégicas em pontos de Timbó,Itajaí e Floripa afinal de contas quero conhecer ainda mais as maravilhas dessas cidades,estou tentando montar uma agenda,mas é dificil....mas a lagoa da Conceição e uma das praias de Florianópolis,será possivel não conhecer?? rsrs

Vou seguindo de malas prontas...acompanhe meu diário de viagem,aliás intercâmbio.


Boa semana!

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Avaliar é saber dar valor...

Ao longo de pouco mais de um mês,decidi fazer parte do processo de seleção para os guerreiros sem armas,um curso,uma vivência no que toca ajudar e transformar pessoas,comunidades,vidas em multirão e somados a isso estratégias de facilitação e ação,aquilo de colocar a mão na massa,literalmente.Essa breve explicação vai para todos aqueles que acessam meu blog e não conhecem esse grande processo e quem quiser conhecer mais clique Aqui.Então,Conheci o processo através da Ashoka e por fazer parte do GMM (Geração Muda Mundo) resolvi tentar e no decorrer desse tempo passei por diversas fases,um verdadeiro sobe e desce.

Assim,vamos para descendo (dificuldades):


-Atualizar um blog não é fácil.
-Trabalhar,estudar,cuidar de uma casa,ter um projeto social e ainda "ser uma guerreira em processo" rsrs,não é fácil.
-Montar todas as atividades é dificil,exige-se tempo e criatividade.
-Construir cada passo no blog,exige tempo somente para aquilo e um tempo considerável.

Agora,subindo (aprendizagens com o processo) :



-Antes eu só "visitava" meu blog e agora ele é mto estimado por mim e ajuda a influênciar muitos outros p/causas do bem.
-O ato de exercitar a criatividade é fantástico!!!
-Elaborar e fazer uma ação é demais,te possibilita o contato com o outro.
-A troca de informações e auxílio entre os jovens GMM aqui no Ceará foi e é demais.
-A idéia do Espaço Aberto que vai ser levado até o sertão,tem sido ótima e um verdadeiro conhecimento!
-Ter que se superar e dizer:" Eu vou até o fim deste processo."
-Ter que compartilhar com todos cada passo,que é um degrau até um topo de conhecimento.

Como podem ver é mais aprendizado que dificuldade no final e podem está certos,estou muito feliz de ter chegado até este Ultimo passo.

Bjus!

sábado, 20 de novembro de 2010

5,4,3,2,1 Já

Colocar qualquer plano em ação é difícil,não é?Imagine no sertão,ai fica mais complicado.Aqui as pessoas são mais reclusas,e seus ideias de vidas diversos.Temos uma cultura perculiar,porém somos fortes,tamanha fortaleza e fé nunca vistas.


Dessa forma,escolhi minha terra,Quixadá-CE,para desenvolver minha ação com pensamentos futuros,um espaço aberto para os jovens da comunidade.Assim,coloquei todo mundo para trabalhar junto,pois em time que está ganhando todo mundo se mexe,santo ditado,rsrs!!
Foi um dia bem dinâmico.As mulheres se reuniram para bordar,reciclar e elaborar atividades para um futuro espaço aberto a ser criado na nossa sede para movimentar os jovens da região e a comunidade toda.


As crianças proporcionaram uma diversão extra,com alegria e descontração para o encontro.

Foram criados verdadeiras obras de arte como: luminárias artesanais com bordados típicos da região,toalhas,tapetes de retalhos,além do movimento de limpeza onde todos contribuíram,retirando coisas para serem reaproveitadas ou doadas.
Foi um dia muito,muito bom!! Enquanto a construção do espaço não chega,vamos nós cuidando na imagem e beleza dele,todos juntos.

Sou Emanuelly e assim digo Hey!!!! rsrs!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Agente não está sozinho...

Quando pensar que existe um problema,temos que pensar em uma solução possível e viável...sempre existirá uma por mais difícil que se possa parecer.Ao identificar o problema de uma comunidade,que é meu caso com um problema com a falta de público para os projetos realizados em uma casa,pensei é uma solução, aliás pensei em como encontrar uma e ai resolvi juntar um grupo e colocar todo mundo p/pensar junto e assim foi organizado um evento com direito a panfleto e mais...

O trabalho em rede nos possibilita muito,principalmente um banco de talentos a nossa disposição.O evento aconteceu no dia 23 de outubro e contou com o apoio do Gilliarde de Florianópolis-SC para a divulgação e arte do mesmo.Assim,ficou mais fácil trazer os grupos.Porém,é como diz o ditado "se você não tem plano B você não tem plano",o encontro quase que não acontecia.O projeto Brasilis está com uma equipe reduzida e organizar tudo nos mínimos detalhes sobrou somente para 3 pessoas: Tânia Torres "a ligante",ela é a mulher dos contatos,sempre com o telefone nas mãos marcando reuniões e mais reniões e dando trabalho para os "andantes".Manoel Tavares "o andante 1",Ele trabalha comigo a mais de 10 anos somente na área social,fez e ainda faz longas caminhadas comigo para coisas do bem,diria.Emanuelly Oliveira "a andante 2 e criativa",euzinha que andei horas em baixo do sol do sertão para conversar e convidar grupos a participar do nosso evento...Se no dia do encontro não tivesse caido nem uma gota de chuva,se duas das convidas não tivessem tido problemas com o transporte teria sido 10000...mas foi 1000 nosso evento,que formou um grupo legal de pessoas,a ajuda de uma escola,além de todo aparato técnico.
Reunimos alguns jovens e 2 adolecentes do Projeto Digi@rte que provém do módulo de empreendedorismo social do e-jovem em Quixadá.Tivemos que executar o plano B para o cumprimento de nossas metas e para sair de lá com algo de concreto.
O clima,o tempo e tudo pareciam está contra nossa atividade,andamos por km visitando escolas e tentando mobilizar pessoas,telefonemas que não paravam e apoios que iam e vinham...mas aqui vai nossos planos:

PRIMEIRO PASSO:

1)Visita de reconhecimento do grupo ao local (sede Brasilis e comunidade).
2)Multirão de convocação para a comunidade (todo o grupo de pares passando nas casas). 20/11
3)Multirão de organização(onde vamos retirar tudo da casa e ver o que podemos reciclar para o Espaço Aberto). 27/11
4)Arrecadar materiais.
5)Reciclagem.
6)Mão na massa (04/12)

Porém como a maioria do grupo é nova no ramo social,fizemos uma dinâmica para que,divididos em 2 grupos pudessem resolver problemas em uma comunidade,para que eles por eles mesmos descobrissem o sentido de empreendedorismo social,movimento oásis e espaço aberto e desse forma uma das equipes esquematizou assim:



Esse foi o esquema utilizado por uma das equipes para realizar um trabalho em uma comunidade onde as drogas e a violência estão presentes entre as familias,como é o caso da Ccomunidade onde o Brasilis está inserido e dessa forma eles descobriram o conceito de Oásis e a importância do Espaço Aberto que nós se propômos a construir.

E vamos em frente e precisamos de muita colaboração ainda...formamos um grupo de 10 guerreiros e precisamos e queremos mais,para fazer uma transformação juntos.





sábado, 6 de novembro de 2010

Grandes idéias,nascem de pequenas causas...Passo 3

 As vezes quando se tem tudo ao mesmo tempo não se tem nada,não é??
As vezes estamos voltados demais para o que temos e esquecemos o mais importânte: as pessoas.
Olhando para a comunidade,com o nome sugestivo de sossego,vejo que por mais que tenhamos uma casa grande e materiais para o trabalho e por mais que tenhamos trabalho,as vezes o que nos falta são as pessoas...tão essenciais para qualquer trabalho/coisa.

Comunidade Sossego-Quixadá-CE

Então,o que mais sentimos falta em uma visão geral  da comunidade Sossego em Quixadá-CE,é a frequência dos moradores a nossa casa e pensando nisso há um pouco mais de 2 semanas resolvemos tornar público essa carência e assim organizamos nosso primeiro evento para atrair lideranças juvenis da cidade afim de transformar uma das nossas salas em um espaço aberto para o jovem criar,produzir e se divertir dentro da comunidade.Na semana do encontro tudo parecia dá errado,duas pessoas que vinham de Fortaleza para falar sobre a temática do Espaço Aberto (Pâmela) e outra para falar sobre o movimento oásis(Amanda) não puderam comparecer por motivos de transporte e faltando apenas algumas horas para o encontro tive que improvisar e no encontro tinha jovens que nunca tinham se envolvido em uma proposta social e utilizando um plano B,organizei uma dinâmica onde uma problemática foi dada as equipes,tinhámos uma comunidade,um espaço físico e tinhamos que criar algo ali para a comunidade e ai foi dado o tempo,os objetivos eram que eles descobrissem por eles mesmos os sentidos de empreendedorismo social,oásis e espaço aberto e assim uma das equipes esquematizou assim:

Essa equipe obteve todos os objetivos da dinâmica e daí passamos a debater nossos passos para concretizar nosso plano e solucionar nosso problema e para saber mais sobre isso ver aqui www.projetobrasilis.blogspot.com

Dessa forma,de uma simples iniciativa (encontro) surgiram grandes idéias para uma pequena causa (falta de pessoas) e assim pode torna-se uma grande ação.Vamos envolvendo mais pessoas disposta a construir esse espaço em parceria conosco.

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Do lixo ao luxo... Passo 2

Os 8 verbos de ordem são Transformar,Criar,produzir,renovar,reaproveitar,reutilizar,plantar,reflorestar,tudo isso é reciclar.
Estive pensando como eu posso utilizar da melhor forma e do meu jeito os verbos apresentados,então me dei conta que desde mundo fazia isto e não percebia.
A Transformação surge de algo que já existe e que precisa ser modificado,certo?
Então,nas últimas semanas resolvi me atrever a TRANSFORMAR um lugar que está quase esquecido e criar ali um Espaço Aberto para jovens,através do uso dos outros 8 verbos e de uma turma de amigos.
Daí,parei e lembrei de toda uma história de mudança e sustentábilidade: O Projeto Brasilis.
Em algumas salas daquele lugar,existe 7 mulheres,7 familias e um grande números de crianças que transformam,criam,produzem e vai...
Assim,passamos boa parte do nosso tempo recolhendo o que é lixo para os outros: retalhos,pedaços de tecidos,garrafas pet,jornais,revistas e etc;
Tudo isso é TRANSFORMADO em arte e vendido para gerar a sustentabilidade do nosso projeto e das 7 falimílias.Assim CRIAMOS vasouras de garafa PET,Broches,Bijuterias,artefatos e roupas de retalhos e papeis(de papel mesmo).Dessa forma,PRODUZIMOS uma verdadeira gama de objetos,que para nós é luxo,vejam:


A partir dos retalhos de tecidos que ninguém usa fazemos broches,colares,prendedores de cabelo e afins.
Ainda há a fabricação das vasouras de pet,que para PRODUZIR uma são necessárias 100 garrafas de pet.

O resto para completar as peças,cada um mensalmente,organiza e doa aquilo que não necessita mais e assim organizamos o Bazar do Brasilis e ou REUTILIZAMOS em peças novas e assim REAPROVEITAMOS em peças como o jeans em bolsas,uma simples perna de calça jeans vira tiara (arco) para cabelo ou um bracelete "fashion".
Dessa forma,tento fazer minha parte por um mundo mais limpo e reciclando temos feito muito e é o que nos mantem ainda ativos e caminhando constantemente.

quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Meu propósito,Minha ação,Meu compromisso,Meus sonhos... Passo 1 :)

Durante grande parte da minha vida,trabalhei em um ong criada por mim e por amigos cuja metodologia baseava-se na família,em como estruturar melhor o ambiente familiar de modo que este possa possibilitar cidadãos plenos e conscientes no futuro.Em cada casa.família e lugar que visitávamos viámos que a educação era a chave para todas as coisas,e em torna dela girava o segredo para a vida consciênte e cidadã.Por isso,optei quando tive escolhas por uma área de formação profissional onde a educação fosse o centro e onde as letras pudessem está juntinhas.Assim,todos perguntam: Por que não fez serviço social já que trabalha nesta área?? E vai ser professora (com ar de espanto)?? E eu respondo: Sim,serei professora,amo letras,adoro escrever e conhecer novas linguas e não tive que substituir o serviço social por que ele está inserido na educação e é um modo de diversifica-lo e aprimora-lo ainda mais.

Meus Sonhos??

Quem trilha seu caminho diáriamente tem uma cabeça que funciona 24hs,hehe! É meu caso e de muitos outros espalhados ao redor do globo,mas eu os numero em 3 principais:

1-Espandir a idéia social que todo mundo pode mudar o mundo de sua forma e de sua maneira,transformando suas vidas e a de muitos outros,contribuindo para uma comunidade a formar um efeito multiplicador.
2-Quero concluir meus estudos na universidade,o que tem me custado longas idas e vindas.
3-Passar em uma seleção para mestrado na área de linguagem (importante para compreender a influencia da cultura sobre os hábitos e vidas das pessoas).

Os desafios são intensos,mas trabalho com a idéia de que "não tá fácil para ninguém" e para chegar lá tem que querer e muitooooo.

Meu Propósito/Minha ação?

Os guerreiros sem armas é a chance de viver uma experiência única de serviço e coorperação intensas voltados para o próximo.É uma chance de conhecer mais a si própria e ter a consciência do que quer e aonde deseja chegar.O efeito multiplicador fica mais latente quando colocado a prova,e o sentimento e o coração voltam renovados,uma vez que se sabe o que realmente quer.Por isso desejo fazer parte dos guerreiros e por já ser uma guerreira quero ir mais fundo,buscar conhecimento para um povo que necessita,construir mais um capítulo em minha história,toda trançada no meio social (vide primeiro post),e conduzir novos projetos.Ao longo de todo esse ano construi,com grandes amigos,idéias que tornaram-se ações motivadoras e uma delas foi a Campanha Brasilidades,uma gincana virtual nacional,envolvendo histórias de cinco personalidades que imapctaram de alguma forma a vida dos outros em regiões bem distintas do país,contribuindo para o aprendizado de muitos alunos da rede pública de ensino do Ceará,Santa Catarina,Pará e São Paulo.



Meu compromisso?

Minha meta e meu plano é alavancar o Espaço aberto GMM em minha cidade Quixadá,mobilizar mais jovens para o mesmo e faze-los movimentar a comunidade,onde o espaço será construido,a participar e a tornarem-se agentes de transformação,fazendo a pequena sede do projeto Brasilis ficar repleta de pessoas gerando e planejando ações para o bem comum,essa é minha meta e meu plano.

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Vamos nos conhecer??

Sou Emanuelly ou simplesmente Manú,como todos me chamam,sou estudante de letras na UFCE,integrante do GMM e coordenadora do Brasilis.Bem,não tenho o costume de contar a minha história e nem tampouco quem sou,mas sempre existe uma primeira vez e vamos a ela,principalmente por se tratar dos guerreiros sem armas(GSA) e além do mais me considero uma guerreira desde muito tempo...

Penso que percebi realmente que era gente aos 9 anos quando,em minha cidade Quixadá no sertão cearense,fui levada por um grupo de freiras da Colégio Imaculada Conceição para fazer visitas em comunidades carentes de minha cidade que na época era abalada pelos males da desnutrição infantil,pobreza extrema e falta de moradia nas periferias,o projeto chama-se minha infância Missionária e apartir dele não parei mais.Daí meu envolvimento com organizações ligadas a igreja cresceu então eu encontrei um Oásis em pleno sertão e a Rainha da Paz,comunidades eclesiais que dedicam trabalhos e serviços aos mais carentes.Com eles aprendi muito e a era das visitas,encontros e serviços comunitários começavam.

Aos chegar aos 14 anos já quase dominava o italiano,devido ao alto contato com missionários e religiosas que vinham da Itália para fazer serviços pelas minhas terras e então resolvi trilhar meu próprio caminho e fundei um grupo com amigos e que 2 anos depois viria ser uma ONG: Os Amigos da Família.
Organizavamos visitas,encontros,coleta de alimentos,cestas,eventos para famílias dos sertões e erámos todos jovens,com idades que variam de 14 á 17 anos.




 Os Amigos me deu a experiência de aprender a escrever projetos,captar recursos,elaborar estatutos e legislação de ONG''s,tudo conseguido com muito sufoco e trabalho,tendo em vista que obter credibilidade era nossa principal barreira,pois ninguém queria apoiar um jovens com uma proposta tão séria.Conseguimos tantas coisas inclusive ajudar 2 bairros que acompanhavámos a receber cestas básicas mensais através de uma Org,Internacional que até hoje os ajuda,receber financiamentos,doações de organizações nacionais e passo para o projeto piloto do Geração Muda Mundo no ceará em 2007,onde somente 10 vagas foram oferecidas.Nesta seleção 3 do nosso grupo,incluindo euzinha,se inscrevemos,mas não passamos e fiquemos tristes,mas uma desistencia mudaria tudo e entramos com uma proposta ousada,um sonho antigo meu:Trabalhar cultura,diversidade e linguagem em um único projeto,denominado,Brasilis.

Misturar a cultura dos povos,mexer com a criatividade,trabalhar com crianças e familias,mexer com artesanato,era e é demais! Conseguimos sede,comunidade própria,equipamentos,materias e reconhecimento pelo Brasil e mundo a fora,por isso ficamos entre os 3 projetos GMM mais bem estruturados do Brasil e assim eu fui para Boston-EUA,através do prêmio Stanples da Ashoka e após viagens pelo Brasil a fora divulgando o Brasilis,criando Campanhas nacionais e reconhecimento.
Boston-EUA
Selecionada pela Eletrocooperativa
O Geração Muda Mundo me deu a chance de ser contratada por uma Organização Italiana para o trabalho como educadora de meninos de rua em uma casa de reabilitação e centro diurno para os mesmos,onde tive muitas e muitas experiências junto com o povo da rua.Lá se fazia de tudo,cozinhar,lavar,ensinar,dançar,jogos e afins,tudo era válido para reter crianças em situação de risco social...assim fui pela primeira vez ao velho continente e realizar um dos meus sonhos: Conhecer a Itália,né?
Assim me tornei educadora do GMM/Governo do estado do Ceará nas escolas para ensinar empreendedorismo social a jovens em um ambiente educativo e metodológico,fui educadora mais uma vez e foi ótimo pois unir social e educação(futura área profissional) foi uma experiência e tanto.



Fiz grandes coisas junto aos meus alunos,visitas,encontros,eventos...eles foram fortes para mim(literalmente) e alguns deles (dois) trabalham junto comigo tentando ainda mudar vidas e nossa nova meta é o Espaço aberto GMM na sede do Brasilis e juntos planejamos um oásis em meio ao sertão.

Este é o resumo do resunho da minha vida e de quem sou e o que faço,e dessa forma sigo e tento sempre fazer algo de novo,um diferencial,lembrando do exemplo do meu povo,de todos os passaram no meu caminho e das experiências que tive que portaram até aqui...juntos vamos trilhando nossos caminhos.





quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Na Rota dos Guerreiros...


Você acredita que sonhando junto o sonho se torna real??
Acredita na força da transformação de vidas e comunidades??
Acredita que todo mundo pode mudar o mundo?
Acredita que juntos somos fortes,somos guerreiros??

EU ACREDITO!e mesmo assim,sei que muitos pensam que sou doidinha,que é uma utopia,ilusão...mas estou lá.Impulsionada pelos guerreiros a sonhar em transformar,a escrever e partilhar...enfim a influênciar os pensamentos de muitos mundo a fora.

Mais um sonho/meta percorrer o caminho dos guerreiros sem armas.

www.guerreirosemarmas.net

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Pelo velho continente...

Olá...
Resolvi viajar
Três meses fora ficar
Conhecer e apronfundar o que o velho continente tem de melhor.
Descobrir Gaudir,sua arquitetura e seu teor,
Nada mais bonito que Barcelona em todo seu glamour.
Marcelle na França...com toda a sua magia,que me cobriu de nostalgia das terras Italianas.
Secília quem nunca te viu,tem que ti ver,raro mar,esmelrada no sol faz brilhar...
Até na ponta da África pisei,na Tunisia andei...um misto de mistero e beleza em terras árabes encontrei.
A medina,Gaudir,verdes mares e catedrais de Notre Dame não são mais belas do que as terras que te viu nascer...
Que saudade da terra Brasilis que me faz encontrar o meu verdadeiro ser.

Emanuelly Oliveira

terça-feira, 27 de abril de 2010

És a Campanha Brasilidades


Mais um projeto com a marca Brasilis: Campanha Brasilidades.
Um jogo virtual,um ponto de encontro onde jovens de todo o pais buscam conhecimento e ação.
Articulamos parcerias.Vencemos a distânia.Uma equipe espalhada pelo Brasil,junta para mostrar que a diversidade pode transformar a nossa realidade.
Quatro histórias de vida emocionantes: Alex Behling de Pomerode-SC nos mostrando sua criativida e trabalho para construir uma roda d'água,Joselene Bastos de Monte Alegre-PA com sua força e dedicação,Oswaldo Andrade de Quixadá-CE com seu amor pela natureza e a vida e Alessandra Fraça de Sorocaba-SP com sua juventude e força de vontade.
E quem será nosso perfil 2010?? A história mais emocionante?? Aquela que motiva mais?? e quem vai viajar para um paraíso quase virgem com natureza e belas águas??
Vamos acompanhar no site : www.campanhabrasilidades.ning.com

Participem...
logooficialbrasilis

sábado, 20 de março de 2010

10 razões para conhecer o Ceará...

1- É a terra da luz.Sol o ano inteiro.
2-Belas praias integradas a natureza.
3-O estado possui litoral,serra e sertão.
4-O sertão cearense é o melhor lugar do mundo para prática do vôo livre.
5-A noite na capital é badaladissima.
6- A orla mais animada do Brasil.
7-Artesanatos lindissimos a baixo custo em toda a orla.
8-O estado possui a cidade que se propõe a ser a Suíça brasileira: Guaramiranga.
9-Um pedaço de Mata atlatica em Viçosa do Ceará.
10-Terra do humor,de gente alegre e acolhedora.

Vem pra cá...

quinta-feira, 4 de março de 2010

Um vale europeu,onde???

Colinas,cachoeiras,rios,verde,tudo muito distante da minha seca realidade,rsrs!
Flores nas ruas que nao sao torradas pelo sol,vegetaçao e homens altos,lindos e loiros.Estamos no Brasil?? Ou em algum povoado da europa??
Estamos no vale Europeu ou do Itajai,precisamente Blumenau,Pomerode,Timbo...(nao teve nada de preciso,hein?? citei 3 lugares,rsrs),mas o que acontece é que eu estive por là,em busca de tranquilidade,natureza e lugares bonitos.Encontrei esse mix de coisas em Santa Catarina,lugar incrivel e que amo de muitao,algo fora do comum que mais parece fora do pais.
Conhecer POMERODE é demais!! A cidade mais alema do Brasil,com arquitetura enxaimel( aquelas casinhas bonitinhas de madeira,decoradinhas e enfeitadinhas,parece de boneca),com clima bucolico e populaçao que conserva os dois idiomas,alemao e portugues.
BLUMENAU é a capital do vale,agitada e movimentada...mas saliento se voce for ficar no interior chegar là de onibus pode ser um caos,eu fiquei quase 2 hs para uma viagem de 35 km(eu tinha q alfinetar,hehe).Porém,mesmo nao tendo conhecido o expresso Guanabara :) Blumenau é bellisima,cortada pelo rio,com alguns predios com arquitetura alema,uma fomosura.Pena que chove muito e no dia que fui além de sair do onibus quase desmanhada,tomei uma chuva s/ guarda-chuva,era para ser um dia de compras,bem compramos o guarda-chuva( oxe,jà foi alguma coisa),pelo menos mais molhada nao fiquei.
Em TIMBO onde fiquei é pacata e calma,tipica interiorana,lugar legal que gosto de està por là e recomendo.
Vale a pena conhece o Vale,haha!! Principalmente para quem é do norte e nordeste,pois é para nos é um paraiso,que pena que é muito distante e a viagem é cheia de conexoes e claro se ficar no interior aluga um carro,tà???

:)


LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...