terça-feira, 16 de novembro de 2010

Agente não está sozinho...

Quando pensar que existe um problema,temos que pensar em uma solução possível e viável...sempre existirá uma por mais difícil que se possa parecer.Ao identificar o problema de uma comunidade,que é meu caso com um problema com a falta de público para os projetos realizados em uma casa,pensei é uma solução, aliás pensei em como encontrar uma e ai resolvi juntar um grupo e colocar todo mundo p/pensar junto e assim foi organizado um evento com direito a panfleto e mais...

O trabalho em rede nos possibilita muito,principalmente um banco de talentos a nossa disposição.O evento aconteceu no dia 23 de outubro e contou com o apoio do Gilliarde de Florianópolis-SC para a divulgação e arte do mesmo.Assim,ficou mais fácil trazer os grupos.Porém,é como diz o ditado "se você não tem plano B você não tem plano",o encontro quase que não acontecia.O projeto Brasilis está com uma equipe reduzida e organizar tudo nos mínimos detalhes sobrou somente para 3 pessoas: Tânia Torres "a ligante",ela é a mulher dos contatos,sempre com o telefone nas mãos marcando reuniões e mais reniões e dando trabalho para os "andantes".Manoel Tavares "o andante 1",Ele trabalha comigo a mais de 10 anos somente na área social,fez e ainda faz longas caminhadas comigo para coisas do bem,diria.Emanuelly Oliveira "a andante 2 e criativa",euzinha que andei horas em baixo do sol do sertão para conversar e convidar grupos a participar do nosso evento...Se no dia do encontro não tivesse caido nem uma gota de chuva,se duas das convidas não tivessem tido problemas com o transporte teria sido 10000...mas foi 1000 nosso evento,que formou um grupo legal de pessoas,a ajuda de uma escola,além de todo aparato técnico.
Reunimos alguns jovens e 2 adolecentes do Projeto Digi@rte que provém do módulo de empreendedorismo social do e-jovem em Quixadá.Tivemos que executar o plano B para o cumprimento de nossas metas e para sair de lá com algo de concreto.
O clima,o tempo e tudo pareciam está contra nossa atividade,andamos por km visitando escolas e tentando mobilizar pessoas,telefonemas que não paravam e apoios que iam e vinham...mas aqui vai nossos planos:

PRIMEIRO PASSO:

1)Visita de reconhecimento do grupo ao local (sede Brasilis e comunidade).
2)Multirão de convocação para a comunidade (todo o grupo de pares passando nas casas). 20/11
3)Multirão de organização(onde vamos retirar tudo da casa e ver o que podemos reciclar para o Espaço Aberto). 27/11
4)Arrecadar materiais.
5)Reciclagem.
6)Mão na massa (04/12)

Porém como a maioria do grupo é nova no ramo social,fizemos uma dinâmica para que,divididos em 2 grupos pudessem resolver problemas em uma comunidade,para que eles por eles mesmos descobrissem o sentido de empreendedorismo social,movimento oásis e espaço aberto e desse forma uma das equipes esquematizou assim:



Esse foi o esquema utilizado por uma das equipes para realizar um trabalho em uma comunidade onde as drogas e a violência estão presentes entre as familias,como é o caso da Ccomunidade onde o Brasilis está inserido e dessa forma eles descobriram o conceito de Oásis e a importância do Espaço Aberto que nós se propômos a construir.

E vamos em frente e precisamos de muita colaboração ainda...formamos um grupo de 10 guerreiros e precisamos e queremos mais,para fazer uma transformação juntos.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...